Caixas registadoras do regulamento de 2013

Todos os contribuintes obrigados a registrar a venda de produtos e serviços usando a caixa registradora estão perfeitamente cientes do último, quantos requisitos detalhados na direção de ter também o serviço dos dispositivos discutidos devem atender. Por meio de uma bebida entre tais exigências, é necessário executar a verificação técnica periódica do registro de caixa. O que vem de quando mais deveria ser construído? Quais são os recursos que a caixa registradora tem e a revisão técnica? Sobre isso.

http://pt.healthymode.eu/drivelan-ultra-as-melhores-e-mais-eficazes-pilulas-de-erecao/

Nos termos da Lei do IVA, as caixas registadoras devem estar sujeitas a inspeções técnicas periódicas. Após essa data, esse momento foi estendido. Essa revisão é realizada através de serviço adequado. Antes de 1º de dezembro de 2008, as inspeções técnicas de caixas registradoras eram limitadas a um prazo anual. Com relação às disposições legais atualmente aplicáveis, as caixas registradoras devem ser obrigatoriamente acompanhadas de uma revisão técnica a cada dois anos, a partir da fiscalização ou de uma nova revisão. Em sucesso, se o contribuinte não cumprir tal declaração, ele pode estar sujeito a sanções. Isso inclui, por exemplo, a imposição de uma multa a um contribuinte por uma infração fiscal, porque a falha em submeter a caixa registradora a uma revisão periódica é usada como uma manutenção incorreta de um livro. Tal justificativa deixa o produto 61 § 3 k.kš.Parece que um evento em cujas mãos está cuidando de tal revisão? Obviamente, observar o momento no exemplo atual pertence ao contribuinte e não ao site. O novitus delio titular da caixa registadora deve notificar o serviço de tal necessidade quando a revisão é devida. O serviço de caixa, junto com o § 31 para. 4 decisivamente, em essência, as caixas registradoras devem fazer uma verificação técnica obrigatória da caixa registradora dentro de 5 dias da notificação.O contribuinte também deve lembrar que a falta de cumprimento do prazo para revisões obrigatórias da caixa registradora resulta na necessidade de devolver o subsídio para sua compra. Os contribuintes estão sujeitos a essas penalidades, que no prazo de três anos a partir da data de início do registro da venda de bens / serviços não tenham preparado, no prazo aplicável, uma caixa registradora para o desempenho técnico pelo serviço apropriado.Em resumo, vale lembrar que somente o usuário é responsável por manter a data da inspeção.